Confira algumas dicas de segurança para proteger as malas despachadas em aeroportos

O caso das brasileiras presas em Frankfurt, na Alemanha, depois de terem tido as etiquetas das suas bagagens trocadas no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, colocou os viajantes em alerta.  Afinal existem formas de

O caso das brasileiras presas em Frankfurt, na Alemanha, depois de terem tido as etiquetas das suas bagagens trocadas no aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, colocou os viajantes em alerta. 

Afinal existem formas de se precaver deste tipo de crime e de outros problemas, como perdas e extravios de malas?

Para responder essas perguntas, consultamos Renata Guedes Batista, fundadora da Single Trips, uma agência que incentiva, apoia e realiza viagens em grupos com mulheres solteiras; e Regina Schneidewind, diretora de varejo e pricing da Sestini, empresa especializada em bolsas, malas, mochilas e acessórios. Confira:

1. FILME SUA MALA POR DENTRO, POR FORA, E QUANDO ELA ESTIVER SENDO DESPACHADA. “Faça esse registro de todos os ângulos”, destaca Renata. Essa dica, diz ela, ajuda tanto a evitar problemas graves como o das brasileiras, como conseguir um reembolso compatível com o que tinha dentro dela em caso de extravio.

2. USE CADEADO. Recentemente, o Projeto de Lei 4257/21 tornou obrigatória a inspeção das bagagens despachadas em voos domésticos. A regra, que já é praticada em voos internacionais, passa a valer a partir de agosto de 2023 em aeroportos brasileiros. 

Para evitar danos à bagagem, a dica é dar preferência a cadeados aprovados pela TSA, autoridade americana de segurança da aviação civil. “A grande vantagem dos modelos que contam com cadeados TSA é que, em caso de inspeção, as autoridades conseguem abri-la com uma chave-mestre sem precisar danificar e violar a estrutura de segurança”, explica Regina Schneidewind, da Sestini.

3. INSTALE UMA AIRTAG EM SUA MALA. Perdeu sua bagagem? Se ela estiver com esse dispositivo da Apple, é possível rastreá-la por meio do iCloud. A desvantagem, aqui, é que além de só estar disponível para sistemas iOS, a AirTag não é barata. No Brasil, ela custa a partir de R$ 369.

4. A VIAGEM É CURTA? QUE TAL LEVAR SÓ UMA MALA MÃO? “Eu sei que esse é um tremendo desafio, principalmente para nós mulheres, mas se o período da viagem for curto e o destino for de verão, talvez seja um caminho interessante. Você viajará mais leve e com mais segurança”, destaca Renata.

5. CUSTOMIZE SUA MALA OU INVISTA EM UM MODELO “DIFERENTÃO”. Desta forma, será mais difícil alguém encontrar uma bagagem similar, o que pode facilitar crimes como o que aconteceu com as brasileiras presas na Alemanha.

Gostou das dicas? Siga o nosso blog e planeje a sua viagem dos sonhos com segurança e tranquilidade.

Posts Relacionados

Se você gosta de fazer passeios culturais nas férias, não perca a oportunidade de conhecer espaços históricos e artísticos. Caso sua próxima

Vai viajar e quer saber quais pontos turísticos em Brasília incluir no seu roteiro? Conhecido por sua arquitetura moderna e planejamento urbano

Vai viajar para o interior paulista e quer saber o que fazer em Bauru? A cidade vibrante a 330 km da capital