5 dicas para viajar mais, gastando menos

2023 promete ser um bom ano para o setor hoteleiro. Com sete feriados prolongados (confira das datas) e após um longo período de isolamento por conta da covid-19, os brasileiros parecem, enfim, estar dispostos a retomar as viagens.Segundo

2023 promete ser um bom ano para o setor hoteleiro. Com sete feriados prolongados (confira das datas) e após um longo período de isolamento por conta da covid-19, os brasileiros parecem, enfim, estar dispostos a retomar as viagens.
Segundo dados do Ministério do Turismo, em 2022, mais de sete milhões de pessoas viajaram pelo país durante as celebrações de Corpus Christi, Nossa Senhora Aparecida, Tiradentes e Páscoa. 

Para este ano, as expectativas são ainda melhores. E dezembro foi uma prova disso. No final de 2022, quase 10 milhões de passageiros passaram pelos aeroportos do país (um crescimento de 45,6% em relação ao mesmo período do ano passado).

E tem mais. Segundo uma pesquisa feita por um site internacional de viagens, o investimento nas férias segue sendo prioridade, mas os brasileiros estão mais atentos ao orçamento – e ao custo-benefício das suas viagens.

Para ninguém levar um susto com a fatura do cartão na volta pra casa, listamos a seguir algumas dicas para viajar mais, gastando menos. Confira:

1. Coloque os custos na ponta do lápis
Antes de mais nada, monte numa planilha os gastos previstos com a viagem. Essa organização é interessante não só para definir o destino, como para avaliar, por exemplo, a melhor época para viajar, e ponderar se vale mais a pena ir de carro ou de avião. Alguns aplicativos como o Rotas Brasil e o Sem Parar ajudam a calcular o tempo de viagem e os gastos com combustível e pedágio.

2. Que tal se hospedar em uma cidade vizinha?
Em alta temporada, hospedar-se fora da região mais badalada da cidade pode significar uma boa economia. É o caso de Canela (RS), que fica bem perto de Gramado, cidade concorridíssima em épocas como o inverno e o Natal; e de Santo Antônio do Pinhal (SP), geralmente mais em conta – e distante apenas 25 minutos de carro de Campos do Jordão.

3. Recorra aos programas de fidelidade
Além do acúmulo de milhas, que podem ser trocadas por passagens aéreas, vale buscar promoções, recorrer a cupons de desconto, e negociar, diretamente com o estabelecimento, o valor da diária. Muitas vezes, mesmo sem barganhar, os preços são melhores do que nas plataformas de viagem. 
Algumas redes de hotéis também oferecem descontos e outros benefícios aos membros do seu programa de fidelidade. É o caso do Let´s Atlântica, da rede Atlântica, onde o hóspede acumula pontos que podem ser trocados por diárias grátis, prêmios ou outros benefícios, como late check-out.

4. Pesquise os melhores dias e horários para a compra de passagens aéreas
Um levantamento feito pelo buscador de voos Viajala mostra que os bilhetes aéreos nacionais subiram, em média, 50% de janeiro a setembro de 2022 em relação ao mesmo período de 2019. Já as passagens internacionais, ficaram 74% mais caras.

Diante desse cenário, resta ficar de olho nas promoções das companhias aéreas e se programar com bastante antecedência. Como o preço das passagens varia conforme a busca por assentos no voo, as passagens costumam sair mais em conta entre 23h e 5h, quando a procura é menor.

5. Informe-se sobre passeios gratuitos
Parques, praias, construções históricas, monumentos, museus… Muitos destinos reservam passeios gratuitos – e, não por isso, menos encantadores. É o caso do bairro da Liberdade e do Mercado Municipal, em São Paulo; e do Parque Lage, no Rio de Janeiro, que abriga, em uma área considerada a terceira maior floresta urbana do mundo, um Palacete construído em 1929 como presente do empresário Henrique Lage para a sua esposa.

Posts Relacionados

Entre praias com areia macia e águas cristalinas, os pontos turísticos em João Pessoa incluem destinos surpreendentes e cheios de aventuras para

Mesmo no friozinho do inverno, você ainda gosta de beber uma gelada? Não precisa esperar até o verão para saborear a bebida.

Se você está planejando embarcar em um avião, é necessário saber como proteger mala despachada para evitar imprevistos. Ao conhecer todos os